Programa de Pesquisa

Apresentação

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) da Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande (FESCG) tem como objetivos despertar a vocação científica dos alunos de graduação, estimular e desenvolver o pensamento científico, aptidão criativa, capacidade crítica, buscar soluções inovadoras, bem como desenvolver a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisas e conscientizar o aluno das questões sociais e éticas inerentes à pesquisa científica. Desta forma, podemos proporcionar um espaço institucional para formação de futuros pesquisadores.

Para o processo de concessão de bolsas participam avaliadores internos da FESCG bem como é executado pelo Comitê Institucional de Iniciação Científica (CIIC), que também supervisiona a organização e a execução da Jornada Acadêmica Interdisciplinar da Estácio Campo Grande. Anualmente, no segundo semestre, realiza-se a Jornada Acadêmica Interdisciplinar da Estácio Campo Grande. O evento proporciona aos alunos de graduação que estejam desenvolvendo projetos de pesquisa sob a orientação de um professor, a apresentação dos resultados de seus trabalhos. Dúvidas sobre o Programa de Iniciação Científica entrar em contato pelo e-mail: pesquisa.fescg@estacio.br

 

Resumos dos Projetos em andamento

FAQ

- Como participar do PIBIC?

R: Através do edital o qual estabelece datas e critérios de seleção. O edital é disponibilizado anualmente no site do PIBIC e normalmente as inscrições se iniciam entre os meses de fevereiro e março. Nesse período o aluno já deve ter encontrado um professor orientador que tenha projetos de pesquisa na sua área de interesse. Assim, o aluno poderá desenvolver um plano de trabalho dentro do projeto do professor. O próprio professor orientador deverá inscrevê-lo no programa.

- Como identificar um professor para ser orientador do PIBIC?

R: O contato com os professores em sala de aula é o principal meio de identificar o futuro orientador do aluno. Com o edital em mãos fale com seu professor ou procure o coordenador do seu curso.

- Quando o resultado é divulgado?

R: O resultado do processo de seleção normalmente é divulgado entre junho e julho.

- Qual o período de vigência do projeto?

R: A execução do projeto tem início em agosto. A duração do projeto é de um ano (ago/ano 1 a jul/ano 2).

- É necessário que o professor escolhido para orientação do projeto seja do mesmo campus que o aluno estuda. Por exemplo, se o aluno estudar na UNESA campus João Uchôa poderá ser orientado por um professor que atue na UNESA campus Petrópolis?

R: Não há problema quanto a isso. É preciso apenas que o orientador seja professor da Universidade Estácio de Sá no Estado do Rio de Janeiro, independente do campus em que atua.

- É necessário que o docente tenha um projeto de pesquisa para ingresso dos alunos? Os alunos podem elaborar um projeto e procurar um professor para que sejam orientados?

R: É importante que o professor orientador tenha um projeto de pesquisa para que os alunos estejam vinculados ao mesmo. O aluno até pode elaborar um projeto e procurar um professor para que seja orientado, mas nesse caso o professor orientador será o responsável intelectual e execução do Projeto.

- Quais as modalidades de participação?

R: Existem três modalidades de participação no PIBIC.

  • Como bolsista FESCG, classificado como PIBIC/FESCG. Nesta modalidade o aluno recebe desconto na mensalidade em quantia mensal no valor de R$180,00.
  • Como voluntárioo acadêmico não recebe incentivo financeiro, mas existe a possibilidade de ficar como substituto imediato no caso de algum bolsista desistir ou perder sua bolsa, desde que o mesmo esteja apto para receber a bolsa, ou seja, não acumular bolsa ou desconto e atender os pré-requisitos estabelecidos no Edital.

Em todas as situações o aluno se compromete a cumprir 10 horas semanais na realização da pesquisa.

- Ao ser selecionado para participar do PIBIC o que precisa fazer?

R: Iniciar imediatamente conforme vigência do projeto de pesquisa junto ao seu orientador.

- Como renovar a bolsa/projeto?

R: Não há renovação. Todo processo de inscrição deve ser efetuado novamente, tanto para projeto, aluno e orientador. A inscrição inicia normalmente no mês de março.

O projeto não poderá ser igual ao anterior, ou seja, o tema poderá ser o mesmo porém será necessário uma reformulação do projeto com novos objetivos, cronograma, plano de trabalho do aluno e etc.

Para o aluno que já participa formalmente no Programa de Iniciação Científica e deseja permanecer no período seguinte, seja como bolsista ou voluntário, deverá submeter o relatório parcial do projeto em andamento (ver modelo no Edital), juntamente com o novo projeto a ser desenvolvido e novo plano de trabalho.

- O aluno beneficiário do FIES poderá receber bolsa PIBIC/FESCG?

R: Sim. O aluno participante do Programa de Financiamento Estudantil (FIES) poderá receber bolsa do PIBIC/FESCG. No caso da bolsa PIBIC/FESCG o valor da bolsa amortiza o valor a ser financiado.

- É permitido o acúmulo de bolsas PIBIC/FESCG e PIBIC/CNPq?

R: Não. Em nenhuma hipótese as bolsas podem ser acumuladas.

- Aluno voluntário poderá receber bolsa ou remuneração de outra fonte?

R: Sim.

- O aluno que possui vínculo empregatício remunerado poderá participar em quais modalidades?

R: Neste caso o aluno poderá participar na modalidade PIBIC/FESCG ou como voluntário.

- Como proceder no caso do aluno PIBIC interessado em cancelar sua participação na pesquisa?

R: Converse com seu orientador, exponha os motivos da desistência e peça a ele para informar a coordenação do PIBIC, conforme as condições do edital para esta finalidade. Não esquecer de enviar também o relatório final sobre as atividades desenvolvidas (veja modelo de relatório no anexo do Edital).

- O aluno que é estagiário remunerado poderá receber bolsa pelo PIBIC?

R: Estágio remunerado não poderá em hipótese alguma receber bolsa PIBIC/CNPq, mas poderá receber bolsa PIBIC/FESCG.

- É possível desenvolver dois projetos de Iniciações Científicas ao mesmo tempo?

R: Não.

- O aluno poderá trabalhar e participar do PIBIC?

R: Sim, desde que você possua condições de cumprir as 08 horas semanais de dedicação à pesquisa, mas o trabalho remunerado com vínculo empregatício não possibilita o recebimento da bolsa PIBIC/CNPq, sendo assim, o ingresso é possível apenas nas modalidades PIBIC/FESCG e voluntário.

- Quem controla a frequência do aluno (carga-horária)?

R: O orientador do aluno.

- O que acontece se o aluno possuir vínculo empregatício remunerado e aceitar uma bolsa PIBIC/CNPq?

R: O Governo Federal cruza constantemente os dados financeiros de seus bolsistas a fim de evitar este tipo de situação. Ao ser identificado um caso assim, o CNPq poderá solicitar o ressarcimento integral dos valores pagos ao bolsista do CNPq com juros e correção monetária.

- O aluno não está recebendo a bolsa PIBIC/CNPq ou PIBIC/FESCG, como proceder?

R: No caso da bolsa PIBIC/FESCG, entre em contato com a coordenação do PIBIC através do e-mail: pesquisa.fescg@estacio.br

No caso da bolsa PIBIC/CNPq verifique se você recebeu o e-mail para aceite do termo de compromisso do bolsista enviado pelo CNPq. Também verifique se foi informado ao CNPq os dados corretos da conta corrente e agência bancária do Banco do Brasil e se seguiu todos os procedimentos. Após isso se ainda encontrar algum problema contate imediatamente a coordenado do PIBIC através do e-mail supracitado.

- O orientador do aluno poderá dispor do dinheiro da bolsa para gastos com o projeto de pesquisa?

R: Não.

- O aluno poderá mudar de orientador?

R: Não é permitido em nenhuma hipótese a mudança de orientador.

- O plano de trabalho do aluno poderá ser igual ao do seu colega de pesquisa?

R: Não.

- O que o aluno deverá fazer caso queira mudar o plano de trabalho?

R: Converse com orientador, apresente suas justificativas para realizar uma alteração na proposta original e estabeleça junto com ele as mudanças possíveis. Não esqueça de justificar posteriormente as alterações nos relatórios.

- O aluno deve participar anualmente da Jornada Acadêmica Interdisciplinar da Estácio Campo Grande?

R: Sim. A participação é obrigatória e as faltas devem ser devidamente justificadas pelo seu orientador, sob pena de ter sua bolsa cancelada de acordo com a gravidade do caso. A Jornada Acadêmica Interdisciplinar da Estácio Campo Grande ocorre juntamente com o Seminário de Pesquisa da Estácio no segundo semestre do ano.

Recomenda-se que a participação dos alunos seja da seguinte forma:

- alunos com projetos concluídos ou com resultados parciais (mínimo 06 meses de desenvolvimento do projeto) devem submeter o resumo para o processo de seleção do evento, normalmente em março.

- alunos com projetos novos ou iniciados recentemente (menos de 04 ou 05 meses de desenvolvimento do projeto) devem realizar a inscrição como ouvinte, normalmente em setembro

 

Perto do Campus