Logo Estácio


CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE ESTÁCIO DO AMAPÁ

 

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

OBJETIVOS: O Curso de Bacharelado em Administração tem como objetivos a formação de um profissional crítico com capacidade de leitura dos diferentes contextos em que as organizações atuem, visando assegurar níveis de competitividade, sustentabilidade e de legitimidade frente às transformações que vem ocorrendo no mundo do trabalho. Também objetiva propiciar ao aluno o desenvolvimento competências que consolidem a capacidade crítica e reflexiva para a formação de um profissional empreendedor e gerenciador de negócios, com condições de compreender a complexidade e as contradições que delineiam a dinâmica organizacional do mercado e da sociedade, valorizando a inovação e o desenvolvimento sustentável.

PERFIL DO EGRESSO: O Curso de Administração está constituído para proporcionar ao egresso uma formação generalista que o capacite a compreender as questões técnico-científicas e sócias econômicas, bem como a identificar e solucionar problemas nos diversos ambientes organizacionais, respeitadas as diferenças regionais e locais. O egresso do Curso de Administração deverá ser capaz de:

  • Compreender o processo administrativo, de modo integrado, sistêmico e estratégico, bem como suas relações com o ambiente externo;
  • Identificar, analisar problemas, buscar soluções que potencializem os resultados das organizações;
  • Pensar estrategicamente;
  • Utilizar raciocínio lógico, crítico e analítico, operando com valores e formulações matemáticas e estabelecendo relações formais e causais entre os fenômenos;
  • Interagir criativamente face aos diferentes contextos organizacionais e sociais;
  • Saber expressar-se adequadamente tanto de forma interpessoal, como nos documentos técnicos específicos e interpretação da realidade das organizações;
  • Organizar atividades e programas, identificar e dimensionar riscos para a tomada de decisões;
  • Selecionar estratégias adequadas de ação, visando a atender interesses interpessoais e institucionais;
  • Introduzir e implementar mudanças nos processos e gestão das organizações em face a constante atualização tecnológica;
  • Internalizar valores de responsabilidade social, justiça e ética profissional;
  • Ter competência para empreender, analisando criticamente as organizações e antecipando e promovendo suas transformações;
  • Atuar em equipes interdisciplinares;
  • Compreender a necessidade do contínuo aperfeiçoamento profissional e do desenvolvimento da autoconfiança;
  • Identificar e analisar problemas, buscando soluções que potencializem os resultados das organizações;
  • Trabalhar em ambientes instáveis e dinâmicos, suscetíveis a grandes mudanças;
  • Refletir e atuar de modo crítico e analítico no contexto produtivo e de prestação de serviços;
  • Planejar, organizar, comandar e controlar a eficiente e eficaz consolidação e o funcionamento de empreendimentos, com efetividade;
  • Desenvolver projetos de melhoria e de análise do desempenho organizacional, estimulando programas de autoavaliação, recomendando soluções alternativas, criativas e inovadoras às organizações;
  • Acompanhar e manter-se atualizado quanto as regulamentações referentes às organizações;
  • Ser proativo e inovador;
  • Utilizar e ampliar a utilização de recursos tecnológicos, financeiros, humanos e organizacionais, otimizando e melhorando o desempenho organizacional, em nível de eficiência, eficácia e efetividade;

MATRIZ

 

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

OBJETIVOS: O Curso deve oferecer ao discente sólido embasamento para o desenvolvimento de competências técnico-profissionais reflexivas e críticas, habilidades analíticas, perceptivas e projetivas para planejamento, implantação e manutenção de sistemas de controle de informações sobre o patrimônio, suas mutações e dos resultados das entidades, bem como a adequada evidenciação das informações geradas por estes sistemas. É também relevante destacar, as seguintes dimensões: compreensão das questões científicas, técnicas, sociais, econômicas e financeiras em âmbito nacional e internacional nos diferentes modelos de organização; e plena utilização de inovações tecnológicas, revelando capacidade crítico-analítica para avaliar as implicações organizacionais com o advento da tecnologia da informação.

PERFIL DO EGRESSO: De acordo com as necessidades do mercado, a Faculdade Estácio do Amapá propõe no seu Curso de Ciências Contábeis, o desenvolvimento de competências profissionais e complementares, que habilitem seus egressos ao pleno engajamento com as demandas do mercado de trabalho, fundamentadas na articulação e sincronização entre a teoria e a prática, subsidiando ações que estejam em sintonia com a dinâmica do mercado, o processo decisório, o gerenciamento de sistemas de informações integradas das organizações públicas e privadas, considerando a necessária credibilidade profissional, calcada em uma sólida base de conhecimentos.

O egresso do curso é capaz de assimilar, entender e elaborar os conhecimentos técnicos e complementares necessários à proficiência do futuro profissional-cidadão, capacitando-o a entender as questões técnico-científicas, sociais, econômicas e financeiras em âmbito nacional e internacional das organizações, nos seus diversos segmentos e modelos, possibilitando o pleno entendimento das atribuições e responsabilidades funcionais, domínio dos fluxos contábeis e seus sistemas, apurações, auditorias, perícias, arbitragens, noções atuariais e a plena compreensão das funções gerenciais, para a adequada evidenciação de informações qualitativas e quantitativas, com capacidade crítico-analítica e visão interdisciplinar, que o capacite a integrar as áreas de conhecimento e avaliar os impactos da evolução da sociedade, seus institutos jurídicos, éticos e políticos sobre as atividades organizacionais.

O curso de Ciências Contábeis da IES prepara o egresso para as seguintes funções:

  • Contador: Exercendo a Contabilidade Financeira (ou Contabilidade Geral, ou Contabilidade Fiscal, ou Contabilidade Societária), a Contabilidade de Custos, a Contabilidade Gerencial e Estratégica). A Contabilidade Financeira ou Geral quando aplicada à atividades específicas, assume uma nova característica considerando-se as peculiaridades do ramo de atividade respectivo. Algumas dessas atividades precisam ser abordadas no curso, considerando, principalmente, as demandas regionais. Assim destacam-se a Contabilidade Pública, a Contabilidade Rural, a Contabilidade Bancária, a Contabilidade Hospitalar, a Contabilidade Industrial, a Contabilidade Comercial, a Contabilidade de Seguros e a Contabilidade de Entidades sem Fins Lucrativos.
  • Auditoria: Que está dividida em duas áreas distintas, a saber:
  • Auditoria Interna (com vínculo empregatício);
  • Auditoria Independente ou Externa ( profissional autônomo ou empresa de Auditoria);
  • Auditoria Interna pode estar voltada exclusivamente para Controles Internos, Auditoria de Sistemas e de Gestão.
  • Perícia Contábil: As perícias contábeis, judiciais e extrajudiciais, assim como Auditorias e outras atribuições são privativas dos profissionais contábeis (Resolução CFC n 560/83 – Art. 3). Pode-se destacar como trabalho de Perícia contábil, a apuração de haveres e avaliação de direitos e obrigações do acervo patrimonial de quaisquer entidades, em vista de liquidação, fusão, cisão, expropriação no interesse público, transformação ou incorporação dessas entidades, bem como em razão de entrada, retirada, exclusão ou falecimento de sócios, etc.
  • Análise Financeira: O curso de Ciências Contábeis da Faculdade Estácio de São Luis propõe capacitar o egresso para fazer análise econômico-financeira das entidades, em função dos seguintes aspectos:
  • Análise de crédito: analista externo de entidades para fins de concessão de crédito do ponto de vista da Instituição Financeira e Vendas a Prazo;
  • Análise de desempenho: Analista interno que avalia indicadores de desempenho das entidades;
  • Análise de investimentos: Analista externo que tem por objetivo, avaliar entidades para fins de investimento a nível de mercado de capitais, novos negócios, fusões etc.;
  • Consultoria: A Consultoria Contábil permite às entidades buscarem esporadicamente especialistas em determinadas áreas a um custo menor que a manutenção de um funcionário permanente;
  • Empresário da Contabilidade: O egresso estará em condições de conduzir escritório de Prestação de Serviços Contábeis;
  • Outras áreas: Investigador de Fraudes Contábeis, Pesquisador Contábil, Professor, Conselheiro, Controller, Auditor Fiscal do Governo, Contador de Organizações do Terceiro Setor, etc.

Além das competências técnicas, o egresso desenvolve habilidades de:

  • Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
  • Atuar em equipes multidisciplinares;
  • Ter iniciativa empreendedora e disposição para auto aprendizado e educação continuada;
  • Ter conhecimento da legislação profissional pertinente;
  • Capaz de identificar, modelar e resolver problemas de forma ética e sustentável com respeito ao meio-ambiente;
  • Dimensionar e integrar recursos físicos, humanos e financeiros a fim de viabilizar a produção com eficiência e ao menor custo, considerando a possibilidade de melhorias contínuas;
  • Projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas, produtos e processos, levando em consideração os limites e as características das comunidades envolvidas;
  • Ser capaz de perceber tendências e inovações nos setores produtivos e promover mudanças que causem impactos sobre a competitividade;
  • Compreender a inter-relação dos sistemas de produção com o meio ambiente, tanto no que se refere a utilização de recursos escassos quanto à disposição final de resíduos e rejeitos, atentando para a exigência de sustentabilidade;
  • Utilizar indicadores de desempenho, sistemas de custeio, bem como avaliar a viabilidade econômica e financeira de projetos;

MATRIZ 

 

CURSO: ENGENHARIA CIVIL

OBJETIVOS: O curso de Graduação em Engenharia Civil tem por objetivo geral proporcionar aos alunos conhecimentos teóricos e práticos, para que possam atuar crítica e criativamente nos setores da Indústria da Construção Civil, permitindo a compreensão dos processos de elaboração, desenvolvimento, execução e acompanhamento de projetos civis, norteados por valores éticos, pessoais e sociais.

PERFIL DO EGRESSO: De acordo com a Resolução CNE/CES nº 11, de 11 de março de 2002, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia, tem “como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade”.

Neste sentido, o Curso de Bacharelado em Engenharia Civil na Faculdade Estácio do Amapá visa formar profissionais que, de uma forma geral, estarão aptos a:

  • Identificar, formular e resolver problemas relacionados à engenharia civil;
  • Executar e fiscalizar obras e serviços técnicos e efetuar vistorias, emitindo laudos e pareceres técnicos, considerando aspectos referentes à ética, à segurança e aos impactos ambientais.
  • Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia civil;
  • Supervisionar e avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas na indústria civil;
  • Avaliar o impacto das atividades da engenharia civil no contexto social e ambiental;
  • Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia civil;
  • Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;
  • Aplicar conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia civil;
  • Projetar e conduzir experimentos no âmbito da engenharia civil e interpretar resultados;
  • Realizar estudos de viabilidade técnica, econômica e social de atividades da construção civil;
  • Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
  • Atuar em equipes multidisciplinares;
  • Compreender e aplicar a ética e a responsabilidade profissional;
  • Apresentar capacidade e hábito de pesquisar;
  • Coordenar e supervisionar equipes de trabalho;
  • Possuir a capacidade de utilização da informática como ferramenta usual e rotineira;
  • Assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.
  • Exercer o desenvolvimento de senso crítico e reflexivo no âmbito da engenharia.

MATRIZ

 

CURSO: CST EM LOGÍSTICA

OBJETIVOS: Proporcionar aos alunos conhecimentos teóricos-científicos e vivências em diferentes contextos no que tange às técnicas de armazenagem, distribuição e transporte para atuação no planejamento e coordenação da movimentação física e de informações sobre as operações multimodais de transporte das organizações. Propiciar aos alunos uma formação sólida, com adequada fundamentação teórico-prática, humanista, crítica e reflexiva, para que possam atuar com ética em ambientes de atividades e operações logísticas tanto no cenário nacional quanto mundial.

PERFIL DO EGRESSO: O Curso Superior de Tecnologia em Logística está constituído para proporcionar ao egresso uma formação que o capacite à análise crítica dos processos logísticos, para que possa tomar decisões em logística nos ciclos de atividades de suprimento, produção e distribuição; Portanto, o egresso do curso estará capacitado a ser um profissional com a compreensão de que a Logística é parte integrante da estratégia corporativa, adquirindo conhecimentos para atuar na área, tendo em vista aspectos de racionalização contínua dos processos logísticos e na identificação de oportunidades de negócios, aumento da produtividade e consequentemente redução de custos. Deverá atuar com capacidade de reflexão, análise e síntese dos processos logísticos, por meio do entendimento global da cadeia de valor. Poderá ainda ter habilidade para criar a estrutura necessária de métodos, procedimentos e técnicas, que resultem em valores para clientes, fornecedores, acionistas, parceiros estratégicos e comunidade, desenvolvendo atitudes que privilegiem a visão estratégica para o gerenciamento de negócios, tanto em nível nacional quanto mundial. O egresso, ainda, poderá assessorar as organizações, na área de abrangência da logística, para a tomada de decisão nos níveis estratégicos e táticos bem como conduzir a empresa na sua inserção nos diversos tipos de cadeias produtivas. Atuar no inventário de estoques, sistemas de abastecimento, programação e monitoramento do fluxo de pedidos.

Pretende ainda desenvolver as seguintes competências e habilidades gerais e específicas:

  • Propor sistemáticas e procedimentos de trabalho nos ciclos das atividades logísticas;
  • Planejar e coordenar o treinamento de equipes de trabalho envolvidas nas atividades e processos da cadeia logística;
  • Coordenar e acompanhar a implantação de operações relativas e correlacionadas (estoque, armazenagem, transportes e tecnologia da informação aplicada);
  • Desenvolver e acompanhar os processos de melhoria contínua das atividades e processos da cadeia logística;
  • Contribuir nas tomadas de decisão nos níveis operacional e tático e da organização;
  • Implementar as medidas necessárias ao cumprimento das exigências da legislação e dos órgãos competentes nas operações logísticas;
  • Propor processos de manutenção preventiva e corretiva para os equipamentos e sistemas logísticos;
  • Elaborar análise crítica de propostas e contratos de prestação de serviços e/ou fornecimento de bens para as unidades, aplicando os conhecimentos adquiridos nas unidades básicas de estudo;
  • Permanecer atento para a atualização profissional constante, que permita superar os desafios e propor, com responsabilidade social e ética, soluções criativas para as atividades inerentes à logística nas esferas da administração dos setores público e privado.

MATRIZ

 

CURSO: ENGEMHARIA DE PRODUÇÃO

OBJETIVOS: A Engenharia de Produção é responsável pela integração dos processos produtivos, permitindo a perfeita coordenação de tarefas de responsabilidade técnica e administrativa. O mercado de trabalho oportuniza nas indústrias em geral, coordenação e automatização de processos, o planejamento e o controle de produção, sistemas de controle de qualidade, assim como em corretoras, bancos de investimentos, seguradoras, fundos de pensão e empresas de auditoria. O Curso de Bacharelado em Engenharia de Produção tem como objetivos a formação de um profissional crítico com capacidade de projetar e gerenciar sistemas produtivos, onde existam pessoas, materiais, equipamentos e ambiente, também como analista de investimentos, planejador de operações ou auditor.

PERFIL DO EGRESSO: O Curso está constituído para proporcionar ao egresso uma formação que desenvolva competências necessárias para analisar situações específicas dos ambientes de produção, domínio de ferramentas tecnológicas e atuará nas áreas de desenvolvimento de produtos assim como na gestão de produção de bens e serviços. O profissional é capacitado para trabalhar em diversos ramos como administração, finanças, produção entre outros. Atua como canal de integração entre os sistemas técnicos (engenharias) e a área administrativa da empresa, o que facilita a criação e administração de novos produtos e serviços.

MATRIZ